Carreira de Programador: Como começar a trabalhar com desenvolvimento de softwares

Programadores profissionais estão entre os profissionais de tecnologia mais procurados da força de trabalho, com o aumento da demanda e a escassez de talentos levando a grandes salários para muitos dos que estão no campo.

Dito isso, o desenvolvimento de software é um campo dinâmico, no qual novas linguagens de programação, frameworks e tecnologias podem viver e morrer dentro de alguns anos, e as necessidades do trabalho estão mudando constantemente.

Para ajudar os interessados no campo a entender melhor como entrar em uma carreira de programador, compilamos os detalhes e recursos mais importantes.

Carreira de Programador
FOTO: ThisisEngineering RAEng

Por que há um aumento na demanda por programadores?

Toda empresa se tornou uma empresa de tecnologia até certo ponto, com projetos de transformação digital em andamento na maioria dos setores para evitar interrupções. Isso significa que a demanda por talentos profissionais para programadores disparou nos últimos anos, à medida que as empresas buscam pessoas que possam dar vida a projetos e aplicativos digitais.

Entre os 10 empregos mais procurados para 2022 estão a carreira de programador, desenvolvedor de aplicativos móveis, desenvolvedor de software e engenheiro DevOps, de acordo com uma pesquisa.

Enquanto isso, acredita-se que os empregos para programadores crescerão 22% entre 2019 e 2029 – muito mais rápido do que a taxa média de outras profissões.

Embora os empregos em tecnologia tenham caído desde o início da pandemia de COVID-19, o aumento do comércio eletrônico à medida que as empresas mudaram de compras presenciais para compras on-line fez com que a demanda por programadores, que criam aplicativos web, aumentasse.

O que você vai fazer na carreira de programador?

Os programadores são, de certa forma, arquitetos digitais que dedicam suas carreiras a projetar os recursos e funcionalidades tecnológicas que todos nós damos como garantidos. É uma profissão fantástica, e se você já se viu pensando nas engrenagens por trás da máquina não tão metafórica da internet, provavelmente se perguntou como se tornar um programador.

Leve em conta tudo o que você fez online até agora hoje. Se você é como a maioria das pessoas experientes em tecnologia, provavelmente verificou seu e-mail, percorreu seu feed de mídia social e navegou em alguns de seus sites favoritos — talvez até antes do café da manhã. Mas você já pensou no trabalho que entrou nas plataformas virtuais que visita todos os dias?

Acredite ou não, cada um dos sites, aplicativos e jogos que você usa em segundos é o resultado de horas de trabalho de programação.

Programadores especializados no desenvolvimento ou manutenção de programas de computador podem fazer alguns ou todos os seguintes:

  • Discutir os requisitos do programa de computador dos clientes;
  • Discutir especificações de design para programas;
  • Criar programas;
  • Executar testes para garantir que os programas e sistemas de computador estejam funcionando corretamente
  • manter e atualizar programas;

Desenvolvedores de software especializados no desenvolvimento de sites podem fazer alguns ou todos os seguintes:

  • Desenvolver um plano técnico para o site e maneiras de promovê-lo on-line;
  • Sugerir métodos de produção e equipamentos necessários e investigar os custos do site;
  • Entrar em contato com designers e outros funcionários para ajudar a projetar e manter o site;
  • Integrar os aspectos técnicos, visuais e de conteúdo do site para produzir o produto acabado.

Quais são algumas vertentes da carreira de programador?

Os programadores podem seguir várias carreiras diferentes. Aqui estão alguns papéis no campo:

Desenvolvedor móvel: constrói aplicativos para dispositivos móveis, incluindo iOS e Android. Um desenvolvedor móvel pode usar Java, Swift e Objective-C.

Desenvolvedor full stack: É capaz de trabalhar nas partes front-end e back-end de um aplicativo ou site. Um desenvolvedor full stack tem conhecimento especializado de todas as etapas do desenvolvimento de software, incluindo servidor, rede e ambiente de hospedagem; bancos de dados relacionais e não relacionais; interação com APIs; interface do usuário e experiência do usuário; garantia de qualidade; segurança; necessidades do cliente e do negócio.

Programador front-end: Constrói sites convertendo dados em uma interface gráfica para o usuário visualizar e interagir, usando HTML, CSS e JavaScript.

Programador de back-end: Constrói a funcionalidade e a interatividade de um site, incluindo os elementos que permitem que os usuários realizem ações como fazer login, criar uma conta e curtir postagens. Dependendo do que você deseja que seu aplicativo da web faça, você pode aprender idiomas, incluindo Java, Python, Ruby e PHP.

Quais são as melhores linguagens de programação para aprender?

Há muito debate sobre quais linguagens de programação são melhores para aprender em um determinado momento, mas aqui estão algumas apostas seguras:

Java: Java é usado por milhões de programadores e bilhões de dispositivos em todo o mundo. Java é a linguagem oficial do desenvolvimento Android, e 90% das empresas da Fortune 500 usam Java como uma linguagem do lado do servidor para desenvolvimento back-end.

Python: Python é comumente usado em computação científica, mineração de dados e aprendizado de máquina. É a linguagem de programação que mais cresce. A linguagem Python também foi classificada como a linguagem de programação mais amada pelos desenvolvedores.

JavaScript: JavaScript é a linguagem de programação mais popular do mundo. Sessenta e dois por cento dos recrutadores buscam pessoas com habilidades JavaScript, seguidos por Java em 59% e Python em 48%.

Vários frameworks front-end para JavaScript, como React e AngularJS, serão cada vez mais usados à medida que os dispositivos da Internet das Coisas se tornarem mais populares, por isso é improvável que a linguagem caia em popularidade tão cedo.

Quais outras habilidades são necessárias para a carreira de programador?

Fora do know-how técnico, os empregadores estão cada vez mais procurando desenvolvedores com fortes habilidades interpessoais, bem como habilidades técnicas. Essas pequenas coisas podem ser o diferencial ao longo de candidatos uniformemente qualificados, muito mais do que certificações.

Com a difusão das metodologias ágeis de desenvolvimento, os programadores devem mostrar que podem se integrar a equipes de desenvolvimento qualificadas mistas.

Para ser um membro produtivo desses tipos de equipes, os programadores devem ser capazes de se comunicar claramente, relatar o progresso com precisão, levantar problemas prontamente e geralmente ser um bom membro de equipe.

No ambiente ultracompetitivo de hoje, as habilidades interpessoais na carreira de programador agora são quase tão importantes quanto as habilidades técnicas.

Os desenvolvedores de software precisam ter conhecimento de:

  • Softwares e sistemas de computador
  • linguagens e técnicas de programação;
  • Do impacto de programas no hardware do computador (como monitores, teclados e impressoras) e outros softwares (programas de computador);
  • Processos de desenvolvimento de software;
  • Questões de confidencialidade, segurança de dados e proteção de dados.

Decida em qual setor você está interessado

Ao considerar como entrar na carreira de programador, seu primeiro passo deve ser determinar uma direção geral para sua carreira. Pense em por que você quer entrar na carreira de programador — para onde você quer ir? O que você quer fazer ou alcançar na carreira de programador?

Embora o leigo médio possa associar mais a programação à tecnologia, os empregos estão disponíveis em quase todos os setores. Empresas em todos os setores precisam de desenvolvedores e programadores web; um programador talentoso pode encontrar seu começo em qualquer campo, desde inteligência artificial e segurança cibernética até serviços sociais, saúde, serviços financeiros e até agricultura.

Deixe um comentário